terça-feira, 4 de abril de 2017

Canto dos lugares

Daqui


Tantas vezes os lugares habitam no Homem e
os homens tantas vezes habitam nos lugares que
os habitam, que podia dizer-se que o cárcere de
Sócrates, estando nele Sócrates, não o era, como
diz Séneca em epístola a Hélvia.
Por isso cada lugar nos mostra uma vida
clara e desmedida, enquanto o Tempo
oscila e nos oculta que é curto e ambíguo
porque nos dá a morte e a vida.
E os lugares somente acabam
porque é mortal cada homem
que houve em si algum lugar.
Fiama Hasse Pais Brandão


Sem comentários:

Enviar um comentário